18.1.12

Stiglitz aplaude o acordo de concertação social. Tudo bem. Mas contaram-lhe tudo?

"E [Stiglitz] deixou um alerta: cortar salários - uma solução que chegou a ser posta em cima da mesa em Portugal - não é solução, porque deprimiria ainda mais a procura, afundando a economia. "Seria contraproducente", disse o Nobel de 2001."

Uma solução que chegou a ser posta em cima da mesa? Já não me vão tirar dois salários este ano e eu sem dar por nada?

Sem comentários: